Agendamento Seguro Desemprego — Saiba como agendar → VEJA

O agendamento seguro desemprego foi desenvolvido com o intuito de facilitar a vida de todos os profissionais que foram desligados da empresa. Desta forma, o Ministério do Trabalho melhorou a qualidade do seu serviço e trouxe mais comodidade e segurança a todos que utilizam do serviço.

Por meio do site do Ministério do Trabalho você poderá realizar o agendamento do seguro desemprego com facilidade e em poucos segundos, apenas com um toque no mouse do seu computador.

Nos tópicos a seguir você encontrará assunto referente ao seguro desemprego, sabendo assim, informações relacionadas de como fazer o agendamento de seguro desemprego, para que serve e sobre as novas regras.

Para que serve o agendamento seguro desemprego?

Agendamento Seguro DesempregoComo você já sabe, o agendamento do seguro desemprego foi desenvolvido para o trabalhador que fora desligado da empresa, tal agendamento serve para o trabalhador receber o beneficio do seguro desemprego ou seja ganhar uma remuneração da empresa por tempo exercido dentro dela.

No Brasil o benefício do seguro desemprego é considerado, por muitos, um dos mais importantes para o trabalhador. Pois o mesmo é um beneficio que assegura os trabalhadores em casos de dispensas do trabalho sem justa causa.

Pode ser útil também:

Esse beneficio é pago temporariamente por um período que pode variar entre 3 e 5 parcelas, podendo ser pago de forma continua ou alternada. Após agendar seguro desemprego, é necessário que fique realizando a consulta seguro desemprego constantemente para que possa verificar se o valor foi depositado.

Como fazer o agendamento seguro desemprego?

Para realizar o agendamento do seguro desemprego será preciso que você acesse o site do Ministério do Trabalho (MTE) a seguir. É por meio dele que você encontrará todas as informações referente a dia e horário podendo assim marcar o dia que for melhor.

Siga o passo a passo a seguir e veja como é fácil realiza-lo.

Agendamento Seguro Desemprego


Passo 1 – Entre no site saaweb.mte.gov.br e espere a pagina carregar completamente para ter acesso a todas informações.


Passo 2 – Após ser redirecionado para a pagina do agendamento seguro desemprego você deverá selecionar a opção do estado que você se encontra, o município e o tipo de atendimento que você precisa.


Passo 3 – Uma nova janela será aberta e você deverá inserir as seguintes informações: CPF, Data de nascimento e Telefone para contato. Feito esta parte, é só clicar novamente no botão “Prosseguir”.


Passo 4 – Feito isso, você poderá agendar o dia e o horário que deverá comparecer até a unidade mais próxima a ti e fazer a solicitação do seguro desemprego.


É importante que antes de realizar a solicitação, o beneficiado deverá saber quem tem direito ao seguro desemprego, Pois, não adiantará em nada você realizar todo o procedimento e não ter nada para receber.

Caso a pessoa que preencheu o formulário para agendar seguro desemprego não possa comparecer na data que foi marcada, o sistema ainda dispõe de um serviço de remarcação para outra data que ele tenha disponibilidade.

Novas regras seguro desemprego

Com o passar dos tempos o seguro desemprego vem sendo alterado pelo MTE. Para que assim facilitem a vida de todos os trabalhadores que queiram agendar o serviço. Uma das mudanças que ocorrera é que o mesmo tem que levar todos os documentos no dia. Tais como:

  • Cartão do PIS-PASEP;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho;
  • Documentos de identificação;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de escolaridade.

Pela nova lei, deve-se ter como documento obrigatório na hora de pedir o seguro desemprego os seis últimos contracheques, dos seis meses anteriores ao mês de demissão, antigamente bastavam três meses.

Levando todos estes a uma agencia da Caixa Econômica Federal para que seja tudo conferido e lá contenha todas as orientações necessárias.


  • Conclusão

Após saber essas valiosas informações referente ao seguro desemprego não deixe de receber esse beneficio caso você seja demitido da empresa que você se encontra atualmente.

Caso tenha alguma dúvida referente ao agendamento seguro desemprego, deixe um comentário a seguir para que possamos te responder o mais breve possível. Boa Sorte!!

Consulta Seguro Desemprego — Saiba como consultar o valor → VEJA

Em dias de crise que o país vem passando, é natural que muitos trabalhadores brasileiros que, por algum motivo perderam o emprego, comecem se preocupar com seus direitos trabalhistas. E uma dúvida que é muito comum entre a maioria deles é sobre como realizar a consulta Seguro Desemprego.

Este benefício nada mais é que uma assistência financeira temporária concedida pela Caixa Econômica Federal para o trabalhador que se encontra desempregado. Porém, ainda existem alguns requisitos que precisam ser atendidos para receber o benefício.

O artigo a seguir foi desenvolvido especialmente para os trabalhadores que estão sem um emprego no momento, e que desejam receber o seu seguro desemprego. Portanto, continue acompanhando o texto abaixo e veja quem tem direito e como consultá-lo.

Para que serve a consulta Seguro Desemprego

Consulta Seguro DesempregoConseguir um emprego nos dias de hoje é o sonho de muitos cidadãos, mas enquanto uns buscam por uma oportunidade de trabalho, outros se encontram desempregados. Com isto, surge a necessidade de consultar Seguro Desemprego.

Esta consulta serve para permitir que o cidadão tenha acesso às informações a respeito de parcelas, situação de pagamento, valores recebidos e prazo de recebimento da solicitação do seguro desemprego.

Leia também:

Como realizar consulta seguro desemprego

Consulta Seguro DesempregoNão é novidade que os trabalhadores que se encontram desempregados desejam fazer o seguro desemprego consulta. Porém, a grande maioria deles não sabem ao certo qual procedimento deve ser feito.

Existem, basicamente, três jeitos de estar acompanhando o a situação do seu seguro desemprego. E se você ainda não conhece nenhum deles, basta ficar atento às dicas passadas logo a seguir. Vamos lá:


  • Consulta Seguro Desemprego com Cartão Cidadão

Este é um cartão magnético que permite que os cidadãos possam ter acesso à vários benefícios sociais e trabalhistas proporcionados pelo Governo, como FGTS, PIS, e seguro desemprego.

Para realizar a consulta, basta dirigir-se até uma casa lotérica ou agência da Caixa Econômica Federal para ter acesso à informações relacionadas ao depósito do benefício.


  • Consulta Seguro Desemprego através da internet

A internet surgiu para facilitar ainda mais a vida das pessoas, inclusive a daquelas que almejam consultar o seguro desemprego com mais praticidade. Veja como fazer o procedimento:

Passo 01 – No site da Caixa www.caixa.gov.br, clique na opção “Benefícios e Programas”, e, na primeira coluna (benefícios do trabalhador) clique na opção “Seguro Desemprego”.

Passo 02 – Após a página carregar, será possível visualizar todas as informações a respeito do programa. E no lado direito da mesma, clique em “Consultar Pagamento”.

Passo 03 – Caso não possua cadastro, crie a sua senha. Porém, primeiramente você deverá informar o seu Número de Identificação Social (NIS) ou o número do PIS/PASEP.

Pronto! Agora preencha os campos solicitados e clique no botão “OK” para concluir a sua consulta seguro desemprego. Na página é possível conferir informações detalhadas sobre o pagamento do benefício.


  • Consulta Seguro Desemprego pelo Telefone

Os cidadãos que desejam consultar seguro desemprego, podem realizar também esta consulta através do telefone. Basta ligar gratuitamente para o número da Caixa Econômica Federal (0800 726 0207) e ter em mãos os seguintes documentos:

  • NIS do cartão cidadão ou carteira de trabalho;
  • CPF;
  • RG.

Quem tem direito ao seguro desemprego?

Consulta Seguro DesempregoO seguro desemprego é um benefício concedido pela Caixa Econômica Federal que se encontram desempregados. Porém, não são todos que podem ter acesso ao mesmo. Veja logo abaixo quem tem direito ao seguro desemprego:


01 – Trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador;


02 – Trabalhador resgatado da condição semelhante à de escravo;


03 – Pescador profissional durante o período do defeso;


04 – Trabalhador formal e doméstico, em virtude da dispensa sem justa causa, inclusive dispensa indireta.


O seguro desemprego MTE é um benefício almejado por vários cidadãos brasileiros que estão sem emprego no momento, portanto vale a pena conferir os requisitos exigidos para ter direito ao mesmo. Caso você se enquadre em algum destas exigências, não perca tempo e solicite o seu agora mesmo.

E depois de ter acompanhado estas importantes informações passadas no artigo acima, ficará muito mais fácil realizar a consulta seguro desemprego. E se possuir algum tipo de dúvida, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos ajudar a resolver o seu problema.

Quem tem direito ao Seguro Desemprego? — Saiba como receber!

Quem vem acompanhado a política do país nos últimos anos, sabe que essa má gestão dos políticos vem prejudicando os brasileiros trabalhadores, desde a crise de 2015 os trabalhadores sofrem com as consequências do déficit nos cofres públicos. Por isso é importante saber quem tem direito ao seguro desemprego.

A partir de 2017, o governo cortou grandes gastos e aumentou os impostos, para ter cifras para pagar a dívida pública e manter os serviços básicos à população. Quem tem direito a seguro desemprego é o trabalhador que foi demitido do seu emprego com um tempo de no mínimo 6 meses.

Com isso o seguro desemprego sofreu com os cortes feitos pelo governo, reajustando o abono para os trabalhadores, antes era mais fácil o trabalhador ser dispensado do seu trabalho. Em seguida iremos mostrar mais informações para os trabalhadores que foram demitido recentemente do emprego. Continue lendo!

O que é o Seguro Desemprego?

Para quem não sabe, o seguro desemprego é basicamente um auxilio de pouco período que o Governo disponibiliza para os trabalhadores que ficaram desempregado. Nada mais é, que um benefício de garantia e assistência ao trabalhador e seus dependentes durante um período temporário.

O seguro desemprego é válido somente para os trabalhadores que tenham sido demitidos sem justa causa, o benefício é validado através do recolhimento do PASEP ou do PIS que é recolhido pelo empregador enquanto ele está realizado suas atividades trabalhista, com a carteira de trabalho assinada.

Quem tem direito ao Seguro Desemprego

Para quem não sabe, entenda que o trabalhador deve estar desempregado no ato da solicitação, e também não pode está recebendo nenhum tipo de benefício da Previdência Social, com a exceção de auxílio-acidente e pensão por morte, o trabalhador não poderá ter recebido o benefício do seguro nos últimos 16 meses no caso 1 ano e 4 meses.

É importante firma que o seguro desemprego, é um dos mais importantes direitos dos trabalhadores brasileiros, esse benefício que oferece auxílio em dinheiro por um período determinado ao trabalhador. É pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alternada.

Quem tem direito ao seguro desemprego?

Quem tem direito ao Seguro DesempregoO trabalhador que tem direito ao seguro desemprego já foi dito acima, que é necessário que ele esteja desempregado, tendo sido dispensado do seu posto de trabalho sem ser justa causa.

Para quem não entendeu ainda vamos firma que o seguro-desemprego pode receber entre 3 à 5 parcelas do benefício, que dependerá de quanto tempo ele trabalhou com a carteira assinada.

A seguir eu irei falar quais são os trabalhadores que se enquadra nos direitos dos trabalhadores, em listas, veja:


01 – Ter trabalhado por pelo menos 12 meses com certeira assinada para fazer a primeira solicitação do seguro desemprego;


02 –9 meses com carteira assinada para solicitar pela segunda vez, e 6 meses para solicitar pela segunda vez;


03 –Pescador artesanal, durante a época da reprodução dos peixes;


04 –Trabalhador que tenha sido recentemente resgatado de regime de trabalho escravo, ou condição semelhante;


05 – Trabalhador formal que esteja com contrato de trabalho suspenso para participação de curso de qualificação profissional oferecido pelo empregador responsável.


Novas Regras do Seguro desemprego 2018

No ano de 2015, quem recebia o benefício do seguro desemprego era mais simples. Antes era preciso que o trabalhador precisasse de apenas seis meses de trabalho para poder fazer sua primeira solicitação. Já nos tempos de hoje é preciso ter no mínimo 1 ano trabalhados para poder receber a primeira solicitação do seguro desemprego.

Isso pode te ajudar também:

Já na segunda solicitação, o trabalhador precisa ter 9 meses de carteira assinada para ter direito, na terceira apenas 6 meses, havendo também uma significativa redução do período mínimo para que o trabalhador possa ter direito ao benefício nas demais requisições.

O trabalhador tem que ficar ligado em relação ao número de parcelas, na primeira solicitação, para receber 4 parcelas, o trabalhador deverá comprovar no mínimo 12 meses trabalhados, e para o recebimento de 5 parcelas, 24 meses trabalhados.

Como receber o Seguro Desemprego

Quem tem direito ao Seguro DesempregoPara realizar o saque do seguro desemprego neste ano é um processo bastante simples. A seguir vamos mostrar os seguintes pontos para receber o benefício.

Antes de realizar esse processo, faça a consulta seguro desemprego para confirmar que seu valor foi depositado.

  • Caixa eletrônicos da Caixa Econômica;
  • Atendimento em agências da Caixa;
  • Lotéricas vinculadas à CEF;
  • Pontos de atendimento Caixa Aqui.

O trabalhador que deseja realizar o saque, é necessário que tenha em mãos os documentos pedidos como:

  • Cartão Cidadão;
  • Senha do cartão cidadão.

No caso do atendimento em agências Caixa, também é possível realizar o saque do benefício com a sua Carteira de Trabalho (CTPS).

Outra opção para receber o auxílio, é recebê-lo diretamente em conta. Para isso, basta ter uma poupança na Caixa, ou uma conta Caixa Fácil, com a parcela sendo creditada automaticamente em sua conta.

Obrigado pela preferência da leitura do nosso artigo sobre quem tem direito ao seguro desemprego, a seguir deixe um comentário falando o que achou do nosso conteúdo escrito. Boa sorte!

Requerimento Seguro Desemprego — Empregador Web → CONFIRA

Requerimento seguro desemprego → O País vem enfrentando uma fase em que a taxa de desemprego ultrapassou os anos anteriores, muitos trabalhadores estão sendo atingidos por essa época de crise financeira, onde acabam sendo atingidos pelo desemprego.

Esses trabalhadores após serem dispensados dos seus empregos, contam com o benefício do governo sendo relativo ao tempo de serviço. O seguro desemprego tem como objetivo de garantir assistência temporária a essas pessoas que ficam sem vinculo empregatício.

Para muitos o acesso ao seguro é pela primeira vez e ainda não sabem como funciona todo o procedimento para obter o benefício e nem como fazer o requerimento do seguro desemprego. Separamos a seguir informações necessárias para conseguir contar com o benefício. Confira Agora!

Para que serve o requerimento seguro desemprego?

Requerimento Seguro DesempregoO benefício do seguro desemprego é muito importantes para os trabalhadores brasileiros, pois oferece um auxílio em dinheiro por um período determinado, sendo pago através de parcelas de forma contínua ou alternada para todos aqueles que tem direito.

O requerimento seguro desemprego nada mais é do que o um documento emitido pelo empregador com informações do período trabalhado pelo seu respectivo empregado. Esse requerimento serve para que o beneficiário possa dar entrada no seguro.

Conteúdo imperdível:

Confira nos tópicos a seguir se você se encaixa nos termos necessários para ter direito ao beneficio e veja todos os procedimentos para realizar seu requerimento do seguro desemprego.

Quem pode emitir o requerimento seguro desemprego?

Requerimento Seguro DesempregoPor muitas mudanças que vem se passando, alguns trabalhadores ainda ficam em dúvidas a respeito do direito de requerer o seguro desemprego, pois agora ficou mais fácil com o empregador comunicando ao MTE através da internet a dispensa do trabalhador.

Podem realizar o requerimento do seguro desemprego aqueles trabalhadores que seguem os critérios exigidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que você confere a seguir:


01 – Tiver sido dispensado sem justa causa;


02 – Estiver desempregado, quando do requerimento do benefício;


03 – Tiver recebido salários consecutivos, de pessoa jurídica ou de pessoa física a ela equiparada, pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando da primeira solicitação;


04 – Tiver sido empregado de pessoa jurídica, de pessoa jurídica ou de pessoa física , pelo menos 9 meses nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando da segunda solicitação;


05 – Tiver sido empregado de pessoa jurídica de ou de pessoa física , cada um dos 6 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando das demais solicitações;


06 – Não estiver recebendo qualquer benefício previdenciário de prestação continuada;


07 – Não estar em gozo do auxílio-desemprego;


08 – Não possuir renda própria de qualquer natureza suficiente à sua manutenção e de sua família.


Lembrando que aquele trabalhador que estiver recebendo o benefício do seguro desemprego, não poderá receber outra remuneração com vinculo empregatício formal ou informal.

Como fazer o requerimento seguro desemprego – Empregador WEB

Com essas mudanças ocorridas na lei no ano de 2015, facilitou bastante tanto a vida do empregador como a do trabalhador, sendo feito o requerimento do seguro desemprego através de um aplicativo chamado de Empregador Web.

Requerimento Seguro Desemprego

  • Acesse o site www.mte.gov.br;
  • Escolha umas opções de acesso oferecidas;
  • Entre no portal;
  • Preencha todos os dados do empregado;
  • Faça a emissão do requerimento.

É bastante fácil realizar esse processo, o trabalhador dispensado sem justa causa receberá do empregador Web o requerimento seguro desemprego devidamente preenchido, onde o próximo passe é realizar o agendamento para comparecer ao posto de atendimento do Ministério do Trabalho na data marcada.

Duas vias desse formulário devem ser levadas ao posto de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego em que você agendou, outros documentos são obrigatórios, como:

  • Documento de identificação com foto;
  • CPF (Cadastro de Pessoa Física);
  • Carteira de Trabalho (CTPS);
  • Requerimento, impresso no portal Empregador Web;
  • Documentos comprobatórios do depósito do FGTS;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho.

No dia do atendimento você ficará ciente do valor e quantas parcelas você terá direito a receber.


  • Conclusão

Diante dessas informações disponíveis a você através do artigo, você terá o que é preciso para receber seu beneficio e sanar todas as dúvidas referentes ao requerimento seguro desemprego.

É importante que você use esse dinheiro com sabedoria, pois como vimos no texto é temporário até conseguir um novo emprego, então tente conter os gastos para sobrar uma reserva para se manter nesse período.

Se restou alguma dúvida referente as informações contidas no artigo, deixe-a nos comentários e assim que possível iremos te dar um retorno. Boa Sorte!

Seguro Desemprego MTE — Consulta, Requerimento, Agendamento

O seguro desemprego MTE é um benefício que exerce a todo trabalhador brasileiro, é por meio dele que o mesmo consegue um auxílio financeiro temporário, conseguindo assim uma garantia por tempo trabalhado na instituição. Garantia esta que é oferecida em três a cinco parcela de forma continua ou alternada.

O Ministério do Trabalho e Emprego – MTE – é um órgão federal que tem sobre responsabilidade regulamentar e fiscalizar todo s os aspectos referentes as relações de trabalho do Brasil. E é por meio dele que o benefício do seguro desemprego vem a tona, beneficiando assim, todos os trabalhadores que se encontram desempregados no momento.

Abaixo listamos uma série de informações referente ao MTE seguro desemprego, podendo assim ter conhecimento sobre como acessar o site do órgão, como realizar o seu requerimento, agendamento, consulta e de como realizar o saque do seu benefício. Por isso se você se encontra de saída do seu emprego leia atentamente os requisitos a seguir.

Consulta de Habilitação do Seguro Desemprego MTE

O MTE é um órgão administrativo do governo federal, responsável em regulamentar e fiscalizar todos os aspectos referentes ás relações de trabalho no Brasil. A sua principal missão é assegurar a promoção e edificação sólidas do emprego, diálogo e proteção social.

Para acessar o site do MTE seguro desemprego e verificar a situação do seu benefício é bastante simples, basta seguir o passo a passo a seguir e entrar com segurança e em poucos segundos.

Seguro Desemprego

  • Acesse o site do órgão www.mte.gov.br;
  • Preencha com o número do PIS-PASEP para consulta;
  • Digite o texto de segurança;
  • Clique em “Consultar”.

Dentro dele, você irá conseguir acessar informações sobre o valor das parcelas, datas de pagamento e quantidade de parcelas que você vai receber do seu seguro desemprego.

Você também pode realizar a sua consulta através do 0800-726-0207, é importante que tenha em mãos o número do RG, CPF e o número do seu NIS que é facilmente identificado na sua carteira de trabalho ou no seu cartão cidadão.

Requerimento Seguro desemprego MTE

Se você é trabalhador e tem a carteira assinada você por lei tem direito a receber todos os benefícios de um trabalhador brasileiro e o seguro desemprego é um benefício que o trabalhador ganha após o desligamento da empresa sem justa causa.

Caso seja empregador, você poderá solicitar o requerimento do seguro desemprego por meio do site do MTE no qual agiliza o processo do beneficiado, além de reduzir a burocracia do requerimento.

Para emitir o requerimento é bastante simples, basta seguir os passos abaixo, confira:

Seguro Desemprego

  • Acesse o site www.mte.gov.br;
  • Escolha a opção de acesso (com certificado ou sem certificado Digital);
  • Realize o login;
  • Faça a emissão do requerimento.

Agendamento Seguro Desemprego MTE

Para fazer o agendamento do seguro desemprego será preciso que você siga o passo a passo a seguir para que assim não tenha erros na hora de realizar o processo e atrase mais o benefício.

Confira:

Seguro Desemprego


Passo 1 – Entre no site saaweb.mte.gov.br e espera a pagina carregar completamente para que assim você possa visualizar todas as informações que a compõe.


Passo 2 – Selecione o “Estado” e “Município” que você se encontra. Além disso, selecione o tipo de atendimento que você quer realizar. Neste caso você selecionará a opção “Entrada no Seguro Desemprego”.


Passo 3 – Agora só é seguir as orientações em tela, informar os seus dados pessoais e escolher a melhor data e horário para comparecer pessoalmente a unidade do MTE.


Consulta Seguro Desemprego Caixa

Para realizar a consulta do seguro desemprego é preciso que você vá até o site da Caixa Econômica Federal (Organizadora do benefício) por meio do link a seguir:

Seguro Desemprego

  • Acesse o site: www.caixa.gov.br;
  • Preencha com o número do NIS (PIS/PASEP);
  • Digite sua senha;
  • Marque a opção Não sou um robô;
  • Clique em “Ok”.

Em seguida, o sistema lhe direcionar para uma nova página, mostrando assim informações detalhadas sobre o seu benefício, bem como as quantidades de parcelas pagas e as que serão creditadas em sua conta.

Além desta alternativa simples e rápida você também pode realizar a consulta do seu benefício nos caixas eletrônicos e nas Casas Lotéricas mediante a apresentação do seu Cartão Cidadão.

Não deixe de ler:

Como sacar o seguro desemprego

Seguro DesempregoPara realizar o saque do seguro desemprego é preciso que o beneficiado tenha conta poupança conta corrente, ou conta Caixa Fácil na “Caixa Econômica Federal”, para que assim eles possam lançar diretamente em sua conta.

Quem tem o cartão cidadão tem mais facilidade para o saque, mas ele só é necessário para saque no autoatendimento eletrônico.

Caso não consiga fazer o saque ou a pessoa não tenha conta na Caixa, os seguintes meios podem ser usados para realizar o saque do benefício:


Agencia lotérica – Precisa ter o cartão cidadão para saque.


Correspondente Caixa Aqui – Precisa ter o cartão cidadão para saque.


Autoatendimento CAIXA – São os caixas eletrônicos. Para efetuar o saque no autoatendimento, é necessário ter o cartão cidadão com senha cadastrada.


Agências da CAIXA – Sacar seguro desemprego na boca do caixa é possível, tanto com o cartão cidadão ou sem o cartão cidadão.


Caso você esteja passando por essa situação de desligamento da empresa, certifique-se que você realmente tem o direito de receber o benefício e faça o seu agendamento para receber o mais rápido possível.

Caso tenha alguma dúvida referente ao Seguro Desemprego MTE deixe o seu recado agora mesmo para que possamos te responder o mais rápido possível. Boa Sorte!!

Cálculo Seguro Desemprego — Como calcular o valor → APRENDA

Não é novidade que o Brasil vem passando por um momento de crise econômica nos últimos anos, com isto, milhares de trabalhadores brasileiros que se encontram desempregados começam a ficar atentos quanto aos seus direitos trabalhistas. E uma dúvida que muitos deles têm em comum é a de como fazer o cálculo Seguro Desemprego.

Este benefício se trata de um auxílio financeiro temporário disponibilizado pela Caixa Econômica Federal para o cidadão que perdeu, por algum motivo, o seu emprego. Mas, vale lembrar que não são todos que podem receber esta assistência. Existem alguns requisitos que precisam ser atendidos.

Portanto, se você deseja saber quem tem direito ao seguro desemprego ou como realizar o cálculo do benefício, basta continuar acompanhando o conteúdo abaixo. Não deixe nenhuma informação importante passar despercebida. Vamos la!

Quem tem direito ao Seguro Desemprego?

Receber o auxílio seguro desemprego Caixa é o desejo de muitos cidadãos que estão desempregados no momento, porém, vale lembrar que os trabalhadores que querem ser beneficiados precisam atender aos seguintes requisitos:

Cálculo Seguro Desemprego


Requisito 01 – Trabalhador que foi dispensado sem justa causa, ou que foi dispensado indiretamente;


Requisito 02 – Trabalhador que tece o contrato de trabalho suspenso por conta de participação em algum curso ou programa de qualificação profissional disponibilizada pelo empregador;


Requisito 03 – Cidadão que for pescador profissional durante o período do defeso;


Requisito 04 – Trabalhador que foi resgatado trabalhando em condições semelhante à de escravos.


É muito importante conferir atentamente estes requisitos mostrados acima, pois caso o desempregado não atenda a nenhum deles, não será possível ter acesso ao benefício do seguro desemprego. E veja também no tópico abaixo como fazer o cálculo do seguro desemprego 2018.

Leia também:

Como fazer o cálculo Seguro Desemprego

Cálculo Seguro DesempregoMuitos cidadãos que se encontram temporariamente desempregados certamente conhecem o seguro desemprego, e este auxílio financeiro concedido pela Caixa Econômica Federal beneficia milhares de trabalhadores todos os anos. Mas ainda, existem aqueles que possuem dúvidas a respeito do valor a ser pago.

Hoje na internet é possível encontrar alguns sites que facilitam a vida dos trabalhadores que desejam simular o cálculo de Seguro Desemprego. Basta que o trabalhador preencha os campos solicitados ao acessá-los, que este cálculo é feito automaticamente.

Cálculo Seguro Desemprego

Valor do Seguro Desemprego

Cálculo Seguro DesempregoComo já dito anteriormente, este benefício é pago com 3 a 5 parcelas por mês. O valor do seguro desemprego varia entre um salário mínimo (R$ 937,00) à R$ 1.643,72.

O valor da parcela depende da média dos últimos três salários de todo mês até o trabalhador ser dispensado. E a quantidade de parcelas é nada mais que a quantidade de meses que você vai ficar recebendo o seu seguro desemprego.

Cálculo Seguro Desemprego


  • Conclusão

O Seguro Desemprego Caixa já beneficiou e vem beneficiando muitos cidadãos que estão desempregados. E se você atende aos requisitos solicitados, vale a pena estar solicitando o seu auxílio financeiro.

E aí, ficou com alguma dúvida a respeito cálculo seguro desemprego? Se sim, deixe o seu comentário logo abaixo e aguarde que responderemos em breve!