Como não pegar gripe?

remedio para gripe

A gripe é uma doença temporária e absolutamente comum em todos os cidadãos.

Transmitida por um vírus chamado de influenza, ela deixa os pacientes com mal-estar e, muitas vezes, com febre e dificuldade respiratória.

Apesar de ser considerada uma doença de verão bastante simples, é possível evitar a gripe: veja como neste artigo.

Quais são os principais sintomas da gripe?

Quem se contamina com o vírus da gripe pode ter:

  • Dores pelo corpo;
  • Moleza;
  • Febre;
  • Nariz entupido ou escorrendo;
  • Fluídos no pulmão, causando falta de ar e a conhecida “chiadeira”;
  • Dor de garganta.

Nem todos os pacientes gripados têm a lista completa de sintomas e eles podem apresentar intensidade diversa.

Como acontece a contaminação por gripe?

Qualquer pessoa que fique em contato com o vírus influenza pode desenvolver gripe.

Geralmente, a contaminação acontece no inverno: devido ao frio, as pessoas escolhem lugares com as janelas e as portas fechadas, sendo isso excelente para que o influenza se prolifere.

Também é comum contrair gripe por ter contato com fluídos contaminados: usar os mesmos talheres de alguém gripado (sem lavá-los antes), beijo ou mesmo ser atingido por um espirro ou tosse.

Dicas para não pegar gripe

Para evitar a gripe, as dicas são simples:

  • Manter os ambientes sempre ventilados. Ainda que esteja fazendo frio, é desaconselhado ficar em espaços com muitas pessoas e sem corrente de ar;
  • Evitar colocar as mãos nos olhos, na boca e no nariz sem lavá-las antes;
  • Manter o organismo abastecido de vitamina C: ela não faz qualquer mágica, mas deixa a imunidade mais alta e, com isso, o influenza pode ser melhor combatido.

Vacina ajuda mesmo a não pegar gripe?

A vacina contra gripe é aplicada todos os anos e é muito potente para evitar a contaminação. Ela é conseguida em toda a rede pública de saúde e é indicada para:

  • Quem tem entre 6 meses e 5 anos;
  • Professores de todos os segmentos;
  • Mulheres que deram à luz recentemente ou as grávidas;
  • Pessoas que trabalham no sistema prisional ou que estão cumprindo pena;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Funcionários da saúde;
  • Índios;
  • Quem faz quimioterapia e tratamentos semelhantes;
  • Doenças crônicas não transmissíveis.

Como tratar a gripe

Sendo uma gripe comum, é possível tratar do quadro com remedio para gripe como antitérmicos (no caso de febre), analgésicos e também com antigripais, que servem para diminuir a coriza ou o entupimento do nariz, dor de garganta, etc.

É importante que o paciente fique atento à evolução da gripe: se os sintomas estiverem muito severos, houver dor nas costas, febre ou falta de ar, é melhor não tomar nenhum medicamento antes de se consultar com o médico.

Dependendo da intensidade da gripe, pode ser receitado medicamento intravenoso e de nebulização (inalação).

Complicações da gripe

Pessoas com saúde debilitada ou que não cuidem da gripe corretamente podem ter complicações sérias, incluindo infecções diversas e pneumonia. Abaixo, os pacientes que têm de ficar duplamente atentos:

  • Idosos;
  • Pessoas com doenças pré-existentes, especialmente as respiratórias;
  • Crianças;
  • Pessoas com diagnóstico de câncer ou de AIDS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *